Quem é o Henrique deste blog, afinal?

E aí, meu amigo, como vai?

Talvez você se pergunte: aí um indivíduo me aparece na internet aqui e diz que vai me ajudar a criar meu jogos? Bom, quando eu comecei eu encontrei sim muita informação gratuita na internet, mas tudo estava desorganizado. Minha intenção é, sim, te ajudar, e de forma organizada. Foi por isso que eu criei este blog.

Meu nome é Henrique, sou casado, tenho 34 anos de idade, e gostaria de dizer que este blog para mim representa um passo a um nível superior ao que eu estava, para mim é uma grande satisfação pessoal e gostaria de compartilhar isto com você.

Comecei a me dedicar a desenvolver jogos depois de ter ficado desempregado. Um desejo escondido que eu tinha desde pequeno, mas suprimido por acreditar em diversos mitos, que serão abordados posteriormente.

 

Blog é de hoje

Depois de um tempo, reativei um blog que eu tinha no tempo da faculdade (aqui), deletei todas as postagens antigas e comecei a colocar assuntos relacionados ao desenvolvimento de jogos – inclusive se algum colega de faculdade que me acompanhava naquela época estiver lendo estas linhas, lhes peço sinceras desculpas, mas era o recurso que eu tinha disponível.

De lá pra cá, já com mais carga sobre como fluir na arte de blogar, decidi começar num blog assim, no WordPress, com domínio próprio, mais focado, com outra cara, com outro ar..

void Blogando () {
public bool professional = true;
}

Ou qualquer coisa do gênero. Na prática, pretendo a cada tanto passar a diante todo conhecimento que adquiri na Unity, que é a minha game engine, minha “queridinha” como dizem.

Eu não vou ficar te enrolando com um textão aqui. Hoje estou ainda respirando este ar novo, desfrutando da acústica deste “mundo novo” no qual me encontro, mesmo que na realidade um blog não me pareça tão novo assim, a final de contas, já tinha um blog e desenvolvia jogos, apenas estou adicionando o profissionalismo à coisa, a final de contas, porque não juntar a fome com a vontade de comer?

E sim, é exatamente assim, juntando a fome com a vontade de comer que surge o blog Chiwawa Games.

 

Mas porque logo um Chiwawa?

O que me levou a escolher um Chiwawa como ícone e personagem (sim, farei um jogo com o Chiwawa um dia), foi o fato dele demonstrar coragem ao latir para todo mundo. Meio mundo, na verdade. Dizem que ele late porque é burro, mas com uma pesquisa simples na internet, em sites de cachorro, você vai ver que ele é temperamental com quem ele não conhece, e protetor com seu dono. E se manifesta latindo para espantar os desconhecidos do seu dono.

Mas o que me encanta mesmo neste cãozinho é sua coragem. Quando eu comecei a desenvolver jogos, eu me senti um chiwawa em meio a brigas de cachorro grande, visto que muitos jogos possuem um orçamento superior a filmes hollywoodianos, mas eu não me deixei intimidar, como um chiwawa frente a seres maiores do que ele – pelo menos é o que diz minha experiência frente aos chiwawas com que cruzei, meu calcanhar que o diga!!!

 

Tá, e onde mais eu te acho?

Você pode me achar aqui:

no Facebook, a rede social mais popular
na Fanpage do blog, onde respondo apenas quando estou no PC
no LinkedIn, rede social profissional
no Google+ se você for funcionário do Google
no Twitter.. ou não, pois nunca uso meu twitter, rs!

Gostou do que leu até aqui? Deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos. Talvez eles queiram saber.

Aquele abraço e até a próxima!

Tags:,
Ir para a barra de ferramentas